Capa artigo

Xilitol: uso e aplicações na Indústria de Cosméticos

18/05/2021

Em 1891, o químico alemão Emil Fischer descobriu o xilitol, e a partir dos anos 60, após sua aprovação pela Food and Drug Administration (FDA), foi classificado como um substituto de açúcar e teve seu uso difundido em alimentos.

Anos mais tarde, na década de 70, foi comprovado que o seu consumo era benéfico para os dentes, atuando na prevenção de cáries.

O xilitol é um álcool pentahidroxilado, que pode ser encontrado em algumas fibras de frutos, plantas e vegetais e também pode ser obtido por via biotecnológica.

Benefícios e Aplicações do Xilitol

É uma substância atóxica, possui alta solubilidade e capacidade de cristalização, além de possuir sabor agradável e proporcionar sensação de frescor.

Apresenta baixo índice glicêmico e é cariostático. Sua ação cariostática está associada a particularidade de não ser fermentado pelas bactérias bucais do gênero Streptococcus e reduzir a acidogênese.

Assim, o xilitol auxilia na redução dessas bactérias na floral bucal, aumenta o nível de polissacarídeos solúveis e torna a placa dental menos aderente, facilitando sua remoção através da escovação.

Em enxaguantes bucais e cremes dentais, também pode proporcionar maior efeito refrescante.

Por possuir calor de dissolução endotérmica negativo, provoca a diminuição da temperatura da saliva ao ser consumido, proporcionando a sensação de frescor.

Em produtos para aplicações tópicas, o xilitol é utilizado em formulações hidratantes por apresentar influência no equilibro da microflora, inibindo algumas bactérias patógenas como o Staphylococcus aureus.

Há também estudos que indicam que um tratamento a longo prazo com cremes contendo xilitol, a hidratação da pele é aumentada significativamente.

Além dessas aplicações, o xilitol também pode ser aplicado em produtos farmacêuticos, como colírios, excipiente em xaropes, tônicos e produtos diabéticos, no tratamento de otites, dermatites, infecções respiratórias, osteoporose, lesões renais, entre outros.

Utilização em Personal Care

O uso de xilitol em produtos industrializados já foi aprovado em mais de quarenta países.

As indústrias que mais o utilizam são, pela ordem, a de alimentos, a de fármacos e a de cosméticos.

O xilitol vem sendo bastante utilizado pela indústria de Personal Care, principalmente em formulações de hidratantes, devido aos diversos benefícios que ele proporciona.

Os principais produtos lançados com xilitol para esse segmento são: xampus, cremes dentais, cuidados faciais, tratamentos para o cabelo, condicionadores, limpadores faciais, enxaguantes bucais, entre outros.

Portfólio DAXIA

A DAXIA possui um amplo portfólio de matérias-primas que possibilitam a criação de produtos de alta qualidade e eficiência para a indústria de Personal Care.